Bem-Vindos à AdCL
808 
     23 23 30

Executivo camarário visita ETAR de Ílhavo

2022-01-31

O executivo da Câmara Municipal de Ílhavo deslocou-se à ETAR de Ílhavo para visitar as instalações e reunir-se com a Administração da Águas do Centro Litoral.

João Campolargo, Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, liderou, esta quarta-feira, 26 de janeiro de 2021, uma comitiva camarária na visita à Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Ílhavo, no distrito de Aveiro.

O autarca teve oportunidade de conhecer in loco o funcionamento do sistema, numa visita que contou com a participação dos responsáveis da Administração da Águas do Centro Litoral (AdCL), Alexandre Oliveira Tavares e Filipa Alves.

Duas décadas de serviço público

A ETAR de Ílhavo, em funcionamento desde agosto de 2002, trata os efluentes domésticos e industriais dos municípios de Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mira e Vagos, e está preparada para receber os efluentes domésticos de 159 mil habitantes-equivalentes e tratar cerca de 39.278 m3­/ dia de efluentes líquidos.

A fase líquida inicia-se com o pré-tratamento, onde são removidos os gradados, areias e gorduras. Segue-se o tratamento primário onde são removidos os sólidos decantáveis e finalmente o tratamento secundário, onde a matéria orgânica é degradada biologicamente através de lamas ativadas em média carga. O efluente tratado é rejeitado no Oceano Atlântico, através do emissário submarino de S. Jacinto. Os sólidos resultantes da fase líquida (lamas) são encaminhados para a fase sólida, onde se realiza o tratamento por digestão anaeróbia. As lamas depois de desidratadas são encaminhadas para compostagem.

A ETAR dispõe de uma unidade de cogeração, para produção de energia térmica e elétrica a partir do biogás produzido no tratamento das lamas.

Mais de 1.6M€ investidos desde 2019

Desde 2019, a AdCL investiu aproximadamente 1.6M€ em intervenções/reabilitações e aquisições de equipamento. Aquisição de bombas submersíveis, instalação de um novo compressor de biogás ou substituição dos corpos das caldeiras de aquecimento de lamas são alguns dos principais investimentos nos últimos três anos de atividade. A Remodelação, Ampliação e Requalificação do Edifício de Exploração da ETAR de Ílhavo, concluída em 2019, está entre as intervenções mais relevantes, tendo representado um investimento no valor de 750m€.

Até ao final do próximo mês de fevereiro deverá estar concluída a recuperação dos digestores da ETAR, empreitada que justificou a aplicação de aproximadamente 600m€.

Recorde-se que, recentemente, a infraestrutura foi também alvo de um investimento de requalificação – cerca de 158 mil euros –, que incluiu a substituição de duas pontes raspadoras dos decantadores primários da ETAR. Esta obra enquadrou-se na política de manutenção preventiva levada a cabo pela AdCL, assegurando uma maior longevidade dos equipamentos e garantindo a melhor qualidade no serviço de tratamento de águas residuais.

No que diz respeito aos investimentos futuros, estão previstas várias intervenções, destacando-se as empreitadas “Remodelação do Sistema de Arejamento dos Reatores Biológicos”, no valor de 1.2M€ e com início previsto para o quarto trimestre de 2022, e a “Construção de Nova Linha de Decantação na ETAR Ílhavo e Melhoria do Sistema de Recirculação de Lamas Secundárias”, no valor de 6M€ e prevista ser iniciada a janeiro de 2026.

Números de 2021

Em 2021, a ETAR de Ílhavo tratou 9.627.985 m3 de efluente, dos quais resultaram 7.365 toneladas de lama, 217 toneladas de areia e 99 toneladas de gradados. Foram produzidos 456.256 m3 de biogás, e a unidade de cogeração produziu 246.569 kWh de energia.

Fique atento às novidades e notícias, subscreva a nossa newsletter
NEWSLETTER
PROJETOS COFINANCIADOS PELA UE:  
© 2020, Águas do Centro Litoral, S.A. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por MAGO
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram