Roteiro da Água está de regresso

Dia de atividades culminou com visita à ETAR de Cacia, em Aveiro

Cerca de 30 crianças do concelho de Ovar visitaram esta quarta-feira, 27 de abril de 2022, a estação de tratamento de água (ETA) do Carvoeiro e estação de tratamento de águas residuais (ETAR) de Cacia, numa atividade enquadrada no Roteiro de Água. Esta ação, que regressa agora após dois anos, desafia à descoberta de todas as etapas do Ciclo Urbano da Água, sendo dinamizada pela Águas do Vouga e Associação de Municípios do Carvoeiro e Vouga, pela Águas da Região de Aveiro (AdRA) e pela Águas do Centro Litoral (AdCL).

As três entidades são as responsáveis pelo Ciclo Urbano da Água na região de Aveiro, que vai da captação e tratamento de água para consumo humano (Águas do Vouga, concessionária do Sistema Regional do Carvoeiro, pertencente à Associação de Municípios do Carvoeiro e Vouga) ao tratamento de águas residuais e sua rejeição (Águas do Centro Litoral)passando pela distribuição de água (AdRA - Águas da Região de Aveiro). O Roteiro da Água é uma iniciativa direcionada ao público escolar, que destaca o Ciclo Urbano da Água através da realização de visitas às infraestruturas.

O Roteiro da Água, que se vai estender durante o próximo mês de maio, arrancou esta quarta-feira, com uma visita à ETA do Carvoeiro e à ETAR de Cacia, esta última sob responsabilidade da AdCL. Ali, no concelho de Aveiro, cerca de três dezenas de crianças e jovens do Clube de Ciência do Agrupamento de Escolas de Ovar tiveram a oportunidade de conhecer aquela infraestrutura, bem como o processo de tratamento.

Dinamizado desde 2015, o Roteiro da Água consiste em percorrer a viagem da água da torneira, partindo do local onde a vamos buscar (captação) passando por uma ETA, onde a água é tratada a fim de ser segura para o consumo humano e, após a sua utilização, visitando uma ETAR onde é de novo tratada antes de ser devolvida à natureza. Sensibilizar as comunidades para a preservação dos recursos hídricos e naturais da região é também um dos objetivos da ação.

Duas centenas de estudantes visitam ETAR de Fátima

Várias escolas locais envolvidas na iniciativa

A Águas do Centro Litoral (AdCL), dando continuidade à sua política de abertura à comunidade, abriu as portas da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Fátima para apresentar este sistema da rede de saneamento a crianças e jovens do concelho de Ourém.
Durante dois dias, 28 e 29 de março de 2022, cerca de duas centenas de estudantes visitaram as instalações da ETAR de Fátima, e ficaram a saber como funcionar uma ETAR e quais as boas práticas ambientais que todos devem adotar.
Sabe o que não deve ir para o esgoto?
Cada coisa tem o seu lugar e o lixo não é no esgoto, porque no final “o cano é que paga”. Esta é a campanha promovida pela AdCL que pretende promover uma consciência alargada sobre uma problemática não visível para a maior parte da população. O desafio solicitado às populações utilizadoras do sistema é simples: não colocar resíduos sólidos no esgoto.

Vereador Natálio Reis falou com os estudantes que marcaram presença na visita escolar


Uma das visitas contou com a participação de Natálio de Oliveira Reis, vereador da Câmara Municipal de Ourém, que teve a oportunidade de testemunhar a visita. “É extremamente importante contribuir para que os jovens estejam cada vez mais atentos a questões relacionadas com o saneamento e tratamento de água residuais. Visitar estes equipamentos é muito enriquecedor para estas crianças, ajuda a que se tornem portadoras desta mensagem de consciencialização ambiental”, frisou o responsável da Autarquia de Ourém, concluindo que a educação ambiental “é um tema que deve estar cada vez mais na ordem do dia”.
A sua presença enquadra-se na parceria de cooperação formalizada no final de 2021, entre a AdCL e a Autarquia, que, para além do concurso escolar “Vamos todos dar o litro” – dinamizado em parceria com a Be Water e Tejo Ambiente –, prevê o reforço da proximidade com os estabelecimentos de ensino locais, nomeadamente na concretização das visitas direcionadas aos jovens estudantes.

Águas do Centro Litoral apela ao uso eficiente da água

A Águas do Centro Litoral (AdCL) assinala o Dia Mundial da Água (22 de março) com mais uma aposta na divulgação digital de boas práticas ambientais.

Henrique Damásio,  administrador-delegado da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Lis, é um dos protagonistas da campanha

Após o destaque dado às “Boas Práticas Locais”, mote que mobilizou a campanha do Dia Nacional da Água, no passado dia 1 de outubro, é agora altura de realçar os bons exemplos locais. Na zona de intervenção da AdCL, presente na de Aveiro, Leiria e Coimbra -, numa amplitude que vai de Espinho a Porto de Mós, multiplicam-se exemplos de particulares e entidade coletivas que, hoje, dinamizam as suas respetivas atividades com uma preocupação comum: o uso eficiente da água.

Por isso, a AdCL decidiu aproveitar as comemorações do Dia Mundial da Água para dar o merecido protagonismo a quem transporta a responsabilidade social e ambiental da teoria à prática.

À semelhança da campanha anterior “Boas Práticas Locais”, esta ação digital direciona-se a quatro áreas/setores: Doméstico, Agrícola, Industrial e Urbano.

Durante quatro dias, a AdCL vai partilhar vídeos com os testemunhos de responsáveis do Município de Arganil, Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Lis, Lugrade, e Movimento Não Lixes. Enquadrados em cada um dos setores elencados em cima, estes protagonistas vão revelar de que forma aplicam o princípio de uso racional de água nas suas vidas, empresas e atividades.

O acesso a água, a sua proteção como bem ambiental e a sua utilização eficiente, enquanto recurso escasso, é um dever de cada cidadão. A pensar em todos, a AdCL consciencializa para as boas práticas no uso presente, como horizonte para a sustentabilidade futura.

Webinar debate desafios do setor

Para além desta aposta digital, a Águas do Centro Litoral vai dinamizar um webinar subordinado aos temas da desertificação, alterações climáticas, gestão de recursos hídricos, seca, governança da Água e desafios societais.

“No Lado Certo da História” é o título do evento, agendado para as 15h00 desta terça-feira, 22 de março, e que será protagonizado por Maria José Roxo, Professora Catedrática do departamento de Geografia e Planeamento Regional da NOVA FCSH, José Pimenta Machado, Vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Sandra Jorge, Coordenadora da área de Investigação & Desenvolvimento da AdCL, e Alexandre Oliveira Tavares, Presidente do Conselho de Administração da AdCL.

O encontro será transmitido em direto na página de Facebook da Águas do Centro Litoral.

H2Off está de regresso

A AdCL volta a associar-se à campanha de mobilização à escala nacional H2Off. Promovida pela APDA - Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, a iniciativa desafia a comunidade a fechar a torneira durante uma hora, a partir das 22h do dia 22 de março.

Recorde-se que esta atividade, já promovida pela AdCL no último ano, incentiva o uso consciente e eficiente da água, apelando a boas práticas e mudança de comportamentos em nome da sustentabilidade deste recurso escasso, mas essencial à vida.

Os interessados podem obter mais informações sobre a campanha através do link: www.h2off-apda.com.

Águas do Centro Litoral recebe Executivo Municipal na ETAR de Espinho

A Administração da Água do Centro Litoral (AdCL), na pessoa do seu Presidente, Alexandre Oliveira Tavares, e da sua Administradora, Filipa Alves, receberam ontem, dia 2 de março de 2022, na estação de tratamento de águas residuais (ETAR) de Espinho, o Presidente da Câmara Municipal de Espinho, Miguel Reis, e o Presidente da Junta de Freguesia de Paramos, Manuel Dias.

O encontro, enquadrado na política de reforço de proximidade da AdCL com os Municípios que integram a estrutura acionista da Empresa, procurou apresentar o funcionamento daquele sistema e o trabalho diário da AdCL em prol de um ambiente melhor, com objetivo de servir a população, salvaguardando a saúde pública.

Esta visita “pretende reforçar as sinergias com os Municípios acionistas que integram a AdCL, focando-se na política de requalificações preventivas e efetiva manutenção de ativos”, afirmou o Presidente do Conselho de Administração, Alexandre Oliveira Tavares.

Para tal é fundamental um trabalho conjunto entre ambas as entidades. Nesse sentido, o Presidente da Câmara Municipal de Espinho afirmou que "o Município de Espinho e a Águas do Centro Litoral estão perfeitamente alinhados na missão de melhorar a rede e o serviço de abastecimento de água e de saneamento. Estaremos também empenhados e a trabalhar de forma conjunta e articulada na obtenção de financiamento comunitários para a concretização destes investimentos, no reforço de políticas sustentáveis e na sensibilização para a educação ambiental junto da comunidade".

Localizada na freguesia de Paramos, concelho de Espinho, a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Espinho encontra-se integrada desde o ano 2000, no “Sistema de Despoluição da Barrinha de Esmoriz/ Lagoa de Paramos”. Em 2007, foi sujeita a uma ampliação e remodelação, com vista à receção de novos Municípios, num investimento total de cerca de 10 milhões de euros, cofinanciados em 59% pelo Fundo de Coesão da União Europeia.

“Sempre que venho à ETAR de Espinho, encontro melhorias. Tenho de saudar o trabalho que é feito aqui, que é, de facto, muito relevante numa área bastante sensível da nossa sociedade que é a questão ambiental”, afirmou Manuel Dias, dirigente local, que se mostrou-se disponível para “ser uma ajuda sempre que necessário”.

A ETAR de Espinho recebe e trata atualmente os efluentes provenientes dos concelhos de Espinho, Ovar (freguesias de Cortegaça e Esmoriz) e Santa Maria da Feira (freguesias da Argoncilhe, Lourosa, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Santa Maria de Lamas, São João de Ver e São Paio de Oleiros), representando, no ano horizonte-projeto, uma população de 194 mil habitantes-equivalentes e um caudal de 30 890 m3/dia de águas residuais.

Água e Saneamento foram tema do programa Ciência Sem Limites

Claúdio Jesus, Presidente da Águas de Portugal Internacional, é um dos protagonistas do episódio 11 do programa UAU - Ciência Sem Limites, desta vez subordinado ao tema “Água e Saneamento”.

Entrevista a Cláudio Jesus foi gravada na ETAR de Cacia, em Aveiro

Transmitida na RTP, esta magazine de ciência e tecnologia produzida pela Universidade de Aveiro dá a conhecer a investigação desta instituição de Ensino Superior e dos seus parceiros em áreas que tocam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e os grandes desafios do nosso tempo.

O programa pode ser visto através do link: https://www.rtp.pt/play/p9566/e599162/uau-ciencia-sem-limites.

AdCL reforça qualidade no abastecimento de água com requalificação da ETA de Ribeira de Alge

Águas do Centro Litoral dá continuidade à sua política de investimentos na melhoria das infraestruturas que servem a sua missão. Desta vez, será requalificada a ETA de Ribeira de Alge, numa empreitada que beneficiará os municípios de Ansião, Figueiró dos Vinhos e Penela e que deverá estar concluída no verão de 2023.

A Águas do Centro Litoral (AdCL) marcou presença, esta quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022, nos Paços do Concelho de Ansião, para participar na cerimónia que formalizou a consignação dos trabalhos referentes à empreitada de Reabilitação da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Ribeira de Alge. A sessão foi protagonizada pelo Presidente da Câmara Municipal de Ansião, António José Vicente Domingues, pelo Conselho de Administração da AdCL, representado pelo Alexandre Oliveira Tavares e Filipa Alves, bem como pelos responsáveis da Sotecnisol S.A, empresa incumbida da intervenção, Ricardo Mendes e Miguel Graça.

A empreitada, que contará com um investimento total de 1.497.363,38€, vai traduzir-se numa melhoria substancial no fornecimento de água nos municípios de Ansião, Figueiró dos Vinhos e Penela, representando uma população beneficiada superior a 11 mil habitantes-equivalentes. O montante investido é cofinanciado em 82,24%, através do Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso do Recurso (POSEUR). Enquadrada na política da AdCL de contínua preservação dos seus instrumentos, esta intervenção dará uma maior resiliência e robustez ao processo de tratamento, permitindo uma adequada resposta a possíveis alterações da qualidade da água decorrentes de possíveis fenómenos climáticos extremos, como pluviosidade intensa ou lixiviação de cinzas decorrentes de incêndios.

Esta intervenção, com uma duração prevista de 545 dias, contempla a reabilitação da captação de água da Ribeira de Alge e, da Estação de Tratamento de Água, nomeadamente a remodelação dos equipamentos existentes, instrumentação, válvulas, tubagens e acessórios dos diversos órgãos de tratamento que compõem a instalação. Para além da beneficiação de outras estruturas e edifícios da ETA, está também incluído nesta empreitada a implementação de uma etapa adicional de coagulação e floculação, melhorando desta forma o tratamento preconizado na instalação.

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração da AdCL, Alexandre Oliveira Tavares, “esta obra está inserida na estratégia da AdCL para acelerar a realização de investimentos de requalificação de infraestruturas e equipamentos, para garantir mais qualidade e fiabilidade dos serviços prestados, nomeadamente de abastecimento de água”. “Há necessidade de assegurar as melhores condições de exploração, quer em qualidade, quer em quantidade, nomeadamente num contexto de incerteza, associado ao impacto das alterações climáticas, quer na disponibilidade de massas de água, quer na gestão dos regimes hídricos”, acrescenta.

Executivo camarário visita ETAR de Ílhavo

O executivo da Câmara Municipal de Ílhavo deslocou-se à ETAR de Ílhavo para visitar as instalações e reunir-se com a Administração da Águas do Centro Litoral.

João Campolargo, Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, liderou, esta quarta-feira, 26 de janeiro de 2021, uma comitiva camarária na visita à Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Ílhavo, no distrito de Aveiro.

O autarca teve oportunidade de conhecer in loco o funcionamento do sistema, numa visita que contou com a participação dos responsáveis da Administração da Águas do Centro Litoral (AdCL), Alexandre Oliveira Tavares e Filipa Alves.

Duas décadas de serviço público

A ETAR de Ílhavo, em funcionamento desde agosto de 2002, trata os efluentes domésticos e industriais dos municípios de Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mira e Vagos, e está preparada para receber os efluentes domésticos de 159 mil habitantes-equivalentes e tratar cerca de 39.278 m3­/ dia de efluentes líquidos.

A fase líquida inicia-se com o pré-tratamento, onde são removidos os gradados, areias e gorduras. Segue-se o tratamento primário onde são removidos os sólidos decantáveis e finalmente o tratamento secundário, onde a matéria orgânica é degradada biologicamente através de lamas ativadas em média carga. O efluente tratado é rejeitado no Oceano Atlântico, através do emissário submarino de S. Jacinto. Os sólidos resultantes da fase líquida (lamas) são encaminhados para a fase sólida, onde se realiza o tratamento por digestão anaeróbia. As lamas depois de desidratadas são encaminhadas para compostagem.

A ETAR dispõe de uma unidade de cogeração, para produção de energia térmica e elétrica a partir do biogás produzido no tratamento das lamas.

Mais de 1.6M€ investidos desde 2019

Desde 2019, a AdCL investiu aproximadamente 1.6M€ em intervenções/reabilitações e aquisições de equipamento. Aquisição de bombas submersíveis, instalação de um novo compressor de biogás ou substituição dos corpos das caldeiras de aquecimento de lamas são alguns dos principais investimentos nos últimos três anos de atividade. A Remodelação, Ampliação e Requalificação do Edifício de Exploração da ETAR de Ílhavo, concluída em 2019, está entre as intervenções mais relevantes, tendo representado um investimento no valor de 750m€.

Até ao final do próximo mês de fevereiro deverá estar concluída a recuperação dos digestores da ETAR, empreitada que justificou a aplicação de aproximadamente 600m€.

Recorde-se que, recentemente, a infraestrutura foi também alvo de um investimento de requalificação – cerca de 158 mil euros –, que incluiu a substituição de duas pontes raspadoras dos decantadores primários da ETAR. Esta obra enquadrou-se na política de manutenção preventiva levada a cabo pela AdCL, assegurando uma maior longevidade dos equipamentos e garantindo a melhor qualidade no serviço de tratamento de águas residuais.

No que diz respeito aos investimentos futuros, estão previstas várias intervenções, destacando-se as empreitadas “Remodelação do Sistema de Arejamento dos Reatores Biológicos”, no valor de 1.2M€ e com início previsto para o quarto trimestre de 2022, e a “Construção de Nova Linha de Decantação na ETAR Ílhavo e Melhoria do Sistema de Recirculação de Lamas Secundárias”, no valor de 6M€ e prevista ser iniciada a janeiro de 2026.

Números de 2021

Em 2021, a ETAR de Ílhavo tratou 9.627.985 m3 de efluente, dos quais resultaram 7.365 toneladas de lama, 217 toneladas de areia e 99 toneladas de gradados. Foram produzidos 456.256 m3 de biogás, e a unidade de cogeração produziu 246.569 kWh de energia.

AdCL conquista certificação em Gestão de Ativos

A Águas do Centro Litoral obteve a decisão favorável para a certificação na Norma de Gestão de Ativos, no passado dia 17 de dezembro de 2021, estabelecendo os requisitos que garantem a excelência operacional e contribui para uma prestação de serviços de excelência.

ETA da Boavista, Coimbra (Sede da AdCL)

Procurando dar cumprimento às orientações do acionista maioritário, previsto no contrato de gestão da Administração neste mandato, ao pr​evisto no Contrato de Concessão, e às exigências da entidade Reguladora e melhorar o desempenho financeiro, a Empresa avançou, ainda em 2020, com o processo de certificação do Sistema de Gestão de Ativos (SGAt). Nesse âmbito, foram realizada​s formações na Norma 55001 e contratado o prestador de serviços que acompanhou e apoiou a equipa interna para construir o sistema de gestão.

Este trabalho permitirá “um maior conhecimento, acompanhamento e capacidade de priorizar intervenções, ajustar processos e melhorar desempenho das infraestruturas que constituem o nosso sistema e que se encontram sob a nossa responsabilidade”, realça a Administração da AdCL.

Águas do Centro Litoral subscreve Compromisso de Integridade

Empresas do Grupo AdP unidas pelo Compromisso de Integridade

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, participou, esta sexta-feira, 17 de dezembro de 2021, na apresentação pública do Compromisso de Integridade do Grupo Águas de Portugal, subscrito pela AdCL.

A sessão ficou marcada pela tomada de posse o Conselho de Ética, que tem como membros António Correia de Campos, Henrique Gouveia e Melo e Ana Monteiro de Sousa.

Na ocasião a Águas do Centro Litoral (AdCL) associou-se ao Compromisso de Integridade, consolidando um modelo de governação assente nos mais elevados padrões éticos, na transparência, responsabilidade e nas boas práticas de gestão pública.

O evento, centrado nas questões relacionadas com a conduta, governação e boas práticas, decorreu no âmbito da revisão das diferentes políticas e processos internos implementados ao nível da governação da ética e da integridade, traduzida na Política de Integridade do Grupo AdP.

Presidente da AdCL, Alexandre Oliveira Tavares, assinou Compromisso

O Compromisso de Integridade espelha o empenho do Grupo AdP, onde se integra a AdCL, em reforçar a governação corporativa com um modelo mais robusto, alinhado com os mais elevados padrões comportamentais. A sessão conta com a participação do Ministro do Ambiente e da Ação Climática e integra intervenções de vários responsáveis do setor público, nomeadamente Paulo Macedo, Presidente Executivo da Caixa Geral de Depósitos, Miguel Cruz, Secretário de Estado do Tesouro, Inês Costa, Secretária de Estado do Ambiente, Jaime Andrez, Presidente da Parpública, e José Furtado, Presidente da Águas de Portugal.

Águas do Centro Litoral investe aproximadamente seis milhões de euros em Troço Portagem-Alto de São João

A Águas do Centro Litoral participou na assinatura do Auto de Consignação da Empreitada de “SMM – Troço Portagem-Alto de São João – Adaptação da Infraestrutura A BRT, Adutora da Boavista e Drenagem Pluvial do Vale da Arregaça”, que decorreu hoje, dia 15 de novembro, nos Paços do Concelho, em Coimbra.

A intervenção prevê a implantação de um emissário de águas residuais e conduta elevatória entre a Praça 25 de Abril e o edifício da Estação Nova, a construção de uma Estação Elevatória de Águas Residuais junto da entrada do Parque Verde, e a implantação de uma conduta adutora de abastecimento de água entre o denominado nó da Arregaça e o edifício da Estação Nova.

A obra, cuja parte correspondente à AdCL tem um valor total de 4.747.852,22€ + IVA, vai traduzir-se numa melhoria substancial do sistema de abastecimento e rede de drenagem de esgotos.

O Adjudicatário é a empresa DST – Domingos da Silva Teixeira, SA, sendo que a fiscalização ficará a cargo da empresa Vitor Hugo, Coordenação e Gestão de Projetos, SA. O prazo de duração do contrato é de 545 dias.

Águas do Centro Litoral presente na Feira Nova de Santa Iria

A Águas do Centro Litoral deslocou-se a Ourém esta quinta-feira, 28 de outubro de 2021, para participar na Feira Nova de Santa Iria.

Desta feita, a AdCL viajou ao distrito de Leiria, onde aproveitou a oportunidade para divulgar junto da comunidade a missão da Águas do Centro Litoral e o papel dos profissionais da água. Dos mais jovens aos mais velhos, demos a conhecer o nosso trabalho diário, os investimentos no tratamento e valorização de águas residuais, continuando a promover a proteção do ambiente e da saúde pública.

A Feira Nova de Santa Iria, cuja abertura contou com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, decorre entre os dias 28 de outubro e 1 de novembro, num programa que conta com espetáculos musicais, gastronomia, cultura e artesanato.

Ministro do Saneamento e da Salubridade da Costa do Marfim visita instalações da Águas do Centro Litoral

As portas da Águas do Centro Litoral abriram-se esta segunda-feira para receber Bouaké Fofana e a sua delegação ministerial. O ministro do Saneamento e da Salubridade da Costa do Marfim aproveitou a sua visita a Portugal para conhecer o sistema multimunicipal da Águas de Portugal e, em particular, as infraestruturas da AdCL, no distrito de Coimbra.


A delegação ministerial, acompanhada pelo Presidente do Conselho de Administração da AdP Internacional, Cláudio de Jesus, incluiu a participação de Lazeni Outtara, Diretor-Geral do Saneamento e da Salubridade, e do Embaixador da Costa do Marfim em Portugal, Koffi Fanna, que não perderam a oportunidade de conhecer a sede da AdCL, na ETA da Boavista.


A comitiva foi recebida pelo presidente do Conselho de Administração da Águas do Centro Litoral, Alexandre Tavares, e participou numa breve apresentação sobre a estrutura, missão e valores e atividade da empresa. Após conhecer o sistema multimunicipal da AdCL, visitaram a ETAR de Quinta de Cima, no Município de Penela, onde ficaram a conhecer o processo de tratamento por lamas ativadas., sendo acompanhados pelos técnicos especialistas da AdCL.