Comemorações do Dia Mundial da Água


“O cano é que paga” em Coimbra 
Campanha pretende sensibilizar população para a não colocação de lixo no esgoto.


Por ocasião das comemorações do Dia Mundial da Água, cujo tema de 2017 são as águas residuais, a Águas do Centro Litoral (AdCL) apresenta, em Coimbra, a campanha "O cano é que paga".  Neste mês da Água, a AdCL pretende explicar que o melhor do seu trabalho não se vê, vive-se, apelando a população à adoção de boas práticas ambientais.
 
Hoje, dia 22 de março, a AdCL junta-se ao CoimbraShopping na sensibilização à população para a não colocação de lixo no esgoto. Além da decoração das casas de banho, com mensagens alusivas à campanha, a AdCL estará também nos dias 23 e 26 de março no CoimbraShopping com a jukebox, promovendo a campanha e sensibilizando os visitantes através da música.

Na passada segunda-feira, dia 20 de março, a AdCL esteve na EHTC para uma sensibilização sobre as consequências da colocação de resíduos na rede de saneamento. “Sabe o que não pode ir para a sanita?”, foi o mote da atividade. Além da entrega de folhetos, a AdCL promoveu, ainda, um momento musical, com a sua jukebox, que difundiu música alusiva ao tema.

undefined  undefined

No final do mês, a 30 de março, pelas 14h00, a AdCL e a Câmara Municipal da Lousã assinam um protocolo de colaboração, cujo objetivo é incluir na oferta da Oficina de Segurança, nomeadamente na casa da Preventinha, as boas práticas ambientais relativas ao consumo racional da água e à boa gestão dos resíduos.
A Oficina de Segurança, criada em 2004, é um projeto de sensibilização para os vários perigos domésticos, rodoviários e florestais. Em 2015 foram inauguradas, no piso superior do Parque Municipal de Exposições, as novas instalações da Oficina de Segurança, com um conceito mais atual, compostas por três espaços e respetivas mascotes: a casa da “Preventinha”, a Pista da “Violeta Stop” e a Floresta do “Zé Carumas”, sendo que, em cada um dos espaços, é abordada a temática dos riscos domésticos, rodoviários e florestais.Com esta parceria, a AdCL pretende transmitir a sua mensagem de empresa ambientalmente responsável a um maior número de pessoas.

"O ca
no é que paga"
O projeto de sensibilização ambiental “O Cano é que Paga” teve início em 2013, em Leiria, e surgiu com o objetivo de esclarecer a população sobre as consequências da colocação de resíduos sólidos no esgoto, uma problemática de difícil assimilação visto que as consequências desta prática não são visíveis para a maior parte da população. 
O desafio passou, assim, por desenvolver uma estratégia criativa e apelativa, assente em dois pilares, a música e as artes plásticas, adotando-se um conceito criativo que associa para, além da transmissão de boas práticas, a educação pela arte, especificamente a música e as artes plásticas, através da mensagem unificadora da campanha.

Em 2015, a Águas do Centro Litoral apresentou o Xilocano, um instrumento musical único, composto por canos de saneamento, com sonoridades exclusivas, desenvolvido pelo Maestro Alberto Roque. No ano anterior, tinha sido apresentado, também, o Sanitofone. Dois instrumentos que utilizam equipamentos de saneamento com o objetivo de sensibilizar a população para a não colocação de resíduos sólidos no esgoto.

No âmbito da sua missão de recolha, transporte, tratamento e rejeição, a Águas do Centro Litoral é sujeita a inúmeros desafios. Um exemplo disso são os entupimentos que ocorrem aquando do transporte das águas residuais, através de emissários e estações elevatórias em resultado da afluência de quantidades significativas de resíduos sólidos à ETAR. A presença destes resíduos, desde sacos de plástico, toalhetes, esfregões, a cotonetes entre outros, que aumentam a probabilidade de degradação das infraestruturas de recolha e tratamento o que, consequentemente pode conduzir à deterioração da qualidade dos recursos. 
Com esta campanha, a AdCL pretende, assim, além de sensibilizar a população, alertar para os prejuízos e quebras de serviço causados pelos entupimentos e obstruções nos emissários.

undefined



Também por ocasião das comemorações do Dia Mundial da Água, eno âmbito da parceria com a Semana Cultural da Universidade de Coimbra, a Águas do Centro Litoral abre as suas portas à população, no dia 25 de março, pelas 15h00, para explicar “quem nós somos”. Os visitantes podem (mediante inscrição prévia, visitas.adcl@adp.pt) ficar a conhecer como funciona a estação de tratamento de água (ETA) da Boavista e os profissionais que trabalham diariamente para garantir uma água de qualidade.
Porque, hoje, abrir uma torneira é um gesto tão simples que o consumidor nem sempre tem consciência da multiplicidade de atividades necessárias à gestão do ciclo urbano da água, a AdCL explica porque é que o “melhor do nosso trabalho não se vê, vive-se”. Pretende-se, assim, destacar os vários profissionais que trabalham diariamente para um ambiente melhor, para servir a população com uma água de qualidade e quantidade, salvaguardando a saúde pública.



Publicado a: 21 de Março de 2017