AdCL investiu 5,5 milhões de euros no município de Arganil


Águas do Centro Litoral investiu 5,5 milhões em saneamento no município de Arganil

A Águas do Centro Litoral (AdCL) realizou, no dia 14 de novembro, a ação comemorativa de entrada em funcionamento da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de São Martinho da Cortiça, em Arganil. Uma cerimónia, inserida nas comemorações da Festa Franca da freguesia, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Eng.º Ricardo Pereira Alves, do Presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho da Cortiça, Rui Franco, do Vice-Presidente do Conselho de Administração da Águas do Centro Litoral, Eng.º Jaime Gabriel Silva e da administradora da AdCL, Dra. Filipa Alves.


undefined  undefined 

A ETAR de São Martinho da Cortiça serve as localidades de São Martinho da Cortiça, Poços e Vale de Matouco, em Arganil, estando preparada para receber os efluentes domésticos de 800 habitantes-equivalentes e tratar cerca de 130 m3/ dia de efluentes líquidos.

O esquema de tratamento implementado nesta ETAR é constituído por um sistema de gradagem inicial, um sistema de tratamento biológico de arejamento prolongado e clarificação final com posterior rejeição na linha de água. No que respeita à linha de lamas, parte é recirculada ao início do tratamento, e as lamas em excesso (retiradas do decantador secundário) são objeto de espessamento em silo espessador para posterior desidratação no exterior (ETAR de Alagoa - Arganil).

A nova infraestrutura integra a empreitada de construção de quatro ETAR compactas pela Águas do Centro Litoral no município de Arganil. Esta empreitada, que teve um investimento total de 2,8 milhões de euros, com candidatura ao POVT, aprovada em overbooking, incluiu a construção das ETAR de São Martinho da Cortiça, de Vila Cova de Alva, de Barril de Alva e de Pomares e ainda cerca de cinco (5) quilómetros de emissários de ligação.
 
As quatro ETAR e respetivos emissários que entram agora em operação permitem assim assegurar o tratamento adequado das águas residuais produzidas por uma população total de 2.650 habitantes-equivalentes das localidades servidas, bem como a devolução em condições seguras do efluente tratado no meio recetor, contribuindo para a sua preservação, com destaque para o rio Alva e ribeiras afluentes.

undefined  undefined

Com a conclusão destas quatro ETAR, a AdCL conclui o investimento previsto em saneamento no Contrato de Concessão (assinado com a ex-Águas do Mondego) no município de Arganil, representando um total de cerca de 5,5 milhões de euros.

Na vertente de abastecimento de água, a Águas do Centro Litoral e a Câmara Municipal assinaram um protocolo, em setembro, que visa integrar no sistema multimunicipal do Centro Litoral os subsistemas autónomos de abastecimento de água de Alagoa, Alqueve, Feijoal, Pomares e Vila Cova do Alva, sitos em Arganil. A integração destes cinco subsistemas autónomos tem associado um investimento previsto superior a 2 milhões de euros.


Publicado a: 17 de Novembro de 2015