Cada coisa no seu lugar, e o lixo não é no esgoto


“Cada coisa no seu lugar e o lixo não é no esgoto”

AdCL, em parceria com a ABAE, lançam campanha regional com objetivo de sensibilizar sobre o que não deve ir para o esgoto

undefined


Cientes da necessidade de esclarecer a população sobre as consequências da colocação de resíduos sólidos no esgoto, uma problemática de difícil assimilação visto que as consequências desta prática não são visíveis para a maior parte da população, a AdCL tem vindo a implementar nos seus municípios a campanha “O Cano é que paga” (lançada em 2013).

Este ano, por ocasião do Dia Mundial do Saneamento, a AdCL, em parceria com a Associação Bandeira Azul (ABAE) lança a campanha com o mote “Cada coisa no seu lugar e o lixo não é no esgoto”, adaptada à nossa campanha do “Cano é que Paga”.
Uma campanha que acompanha as informações das Nações Unidas, segundo as quais, cerca de 80% do lixo marinho tem origem em atividades desenvolvidas em terra e, todos os anos, entre 1.15 e 2.41 milhões de toneladas de lixo chegam ao oceano através dos rios. Os rios ligam quase todas as superfícies terrestres ao oceano, o que faz deles um dos mais importantes campos de batalha na luta contra a lixo marinho. 

undefined  undefined

A campanha é composta por cinco “imagens” (cotonetes, óleo, medicamentos, preservativos e toalhetes) que são exemplos de milhares de resíduos sólidos que chegam diariamente às estações de tratamento de águas residuais (ETAR) provocando entupimentos e influenciando o correto tratamento das águas residuais, que são depois de tratadas rejeitadas no meio hídrico (o rio). É uma campanha regional que estará presente nas redes sociais, página institucionais e também nas ruas (outdoors) dos vários concelhos servidos pela AdCL. 

Por ocasião a AdCL lança também o seu Instagram (#aguasdocentrolitoral) com o objetivo de estar mais próxima da população, com vista, à alteração de comportamentos.

O desafio  passa, por desenvolver uma estratégia criativa e apelativa, adotando-se um conceito criativo que associa para, além da transmissão de boas práticas, a educação pela arte.

Águeda, Albergaria-a-Velha, Arganil, Coimbra (através do Museu de Água), Espinho, Góis, Leiria, Lousã, Mealhada, Ourém, Ovar, Penacova, Porto de Mós, Vagos e Vila Nova de Poiares são os municípios que se associam à problemática do saneamento.

O Dia Mundial do Saneamento foi oficialmente reconhecido pelas Nações Unidas em 2013, destacando a importância do saneamento básico.

undefined  undefined


Esta cooperação institucional entre a AdCL e a ABAE pretende ser uma mais-valia na promoção da literacia do oceano, com vista à melhoria da qualidade das águas balneares, tendo em conta que o lixo marinho tem origem em atividades terrestres. O objetivo desta parceria passa, assim, pela sensibilização sobre as consequências dos comportamentos humanos e para o papel dos rios enquanto ponte de ligação entre terra e mar, sob o tema “Do Rio ao Mar sem Lixo”.

Neste Dia Mundial do Saneamento, a AdCL pretende, assim, sensibilizar e informar sobre as consequências de certas atitudes que afetam o ambiente, sublinhando para a importância da contribuição de cada cidadão no cumprimento dos seus deveres de cidadania, percebendo a responsabilidade que têm em cuidar do planeta, apoiando um desenvolvimento mais justo e sustentável.

A AdCL está empenhada em ser uma empresa que contribua para o alcance dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), e através da sua atividade atingir as metas do 6º, 7º, 9º, 11º, 12º, 13º e 14º ODS, que, tal como já referido, pretende ser uma empresa de referência no setor da água, em termos de qualidade do serviço prestado, e um parceiro ativo para o desenvolvimento sustentável da Região Centro Litoral, com vista, também, à alteração de comportamentos.


Publicado a: 17 de Novembro de 2019